Como usar o software de controle processual?

O software de controle processual é muito mais do que um recurso tecnológico. Ele foi desenvolvido para organizar as atividades de quem atua na área do Direito e melhorar ainda mais a rotina dos advogados.

 

No entanto, como usar o software de controle processual? Neste post, vamos falar sobre esse recurso tecnológico que tem se tornado indispensável para advogados, principalmente os autônomos. Se você tem alguma dúvida sobre o assunto e quer aprender um pouco mais sobre este tipo de software, continue com a leitura do nosso artigo! 

O que é um software de controle processual? 

Os softwares de controle de processos são programas indispensáveis para você organizar e suprimir as suas deficiências dentro do seu escritório. Eles geram informações e dados cada vez mais precisos. Além disso, ajudam na sua produtividade, pois você reduz o tempo que precisa para encontrar um processo. 

Quais as principais funcionalidades do software de controle processual? 

  • Oferece pesquisas no sistema;
  • Ajuda no controle de clientes;
  • Controla processos, 
  • Verifica os prazos;
  • Checa as audiências;
  • Faz o controle financeiro;
  • Utiliza ferramentas de estatísticas;
  • Possibilita segurança nos cadastros;
  • Cadastrar clientes e processos.

Como obter os melhores resultados com o software de controle processual? 

Para você aproveitar o máximo dessa ferramenta tecnológica, é preciso cadastrar todas as informações de maneira correta no sistema. Ao identificar a área de atuação do seu escritório, você determina os parâmetros que deverão ser considerados e as suas prioridades. Estas inserções geram os relatórios variados e os indicadores de êxito processual, administrativo, financeiro, rentabilidade e de trabalho. 

No entanto, quando pensar em organização de sistema, siga os seguintes procedimentos: 

  • Planejamento;
  • Organização;
  • Controle de prazo para finalização.

Saiba que são essas ações que te ajudarão a alcançar os seus objetivos e que vão guiar todo o seu trabalho administrativo dentro do escritório de advocacia. E aqui, destacamos o planejamento para que você aprenda como trabalhar com o software processual.

Como usar o software de controle processual? 

Comece com o cadastro das pessoas

Para usar o software de controle processual comece com o cadastro das pessoas. Faça um relatório completo sobre cada um dos seus clientes e siga as demais dicas que você verá a seguir.

Identifique duplos cadastros

Você deve unificar as informações para um cadastro e excluir o outro. Não se esqueça de conferir os processos vinculados. Essas informações não podem ficar de fora desta etapa do seu trabalho. 

Cheque se há alguma confusão entre as informações

Identifique se há algum problema entre as partes, os autores ou se a nomenclatura do processo está correta com a que é utilizada pelo órgão judicial. É importante não ter informações erradas neste sentido. 

Veja se há grupos de clientes de uma mesma instituição

É importante verificar se há grupos de clientes de uma mesma instituição como sindicatos ou empresas. Quando concluir esta primeira etapa, cadastre os processos. Emita um relatório pelo Cadastro de Pessoas, pela numeração sequencial ou pelos grupos de interesse. 

Confira se há processos duplos

Para conferir se há processos duplos, confirme a numeração de cada processo. Veja se há cadastro duplo de cada um deles. Unifique o documento e leve em conta os processos vinculados. 

Atualize a fase processual

É importante atualizar a fase em que o processo se encontra. Veja os andamentos e os atos processuais. Complete o campo de informações com um resumo de cada processo. Assim, você irá contribuir com os demais sócios do seu escritório ou até mesmo um novo colaborador que tiver que checar as informações. Após essa etapa pronta, passe para o Cadastro Financeiro. 

Determine o que é prioridade no Cadastro Financeiro

Veja se o que é mais importante para o seu escritório são os contratos ou as contas a pagar e receber. A partir daí, identifique, desenhe e cadastre seu Plano de Contas e o Banco que você irá trabalhar. Confira sempre o Caixa Interno, Caixa Mensal e não se esqueça de fazer o Fluxo de Caixa.

Cadastre grupos de acordo com o seu Plano de Contas

Cadastre pessoas, advogados, fornecedores e colaboradores de acordo com o seu Plano de Contas. Tenha em mente que toda mudança feita precisa de um estudo para entender o que deve e como deve ser feito, uma vez que cada escritório possui as suas particularidades.

 

Agora você aprendeu como usar o software de controle processual, não é mesmo? Portanto, estude as prioridades do seu escritório de advocacia e busque ferramentas que possam te ajudar a atender às suas demandas! 

 

Quer ler mais conteúdos como este? Continue com a gente em nosso blog e aprenda um pouco mais sobre software jurídico!  

 

Autor: Resultato Consultoria